O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais acomete homens no Brasil, mas quando descoberto a tempo é apenas a sexta causa de mortalidade. Isso ocorre porque a doença tem alta taxa de cura se diagnosticada precocemente. Este é o alerta do Novembro Azul, mês de conscientização sobre a saúde masculina e da prevenção ao câncer de próstata. Assim como as mulheres mantêm uma rotina de visita ao ginecologista e realização de exames anuais, os homens precisam deixar tabus de lado e cuidar de sua saúde de forma preventiva.

Dra. Andressa ressalta que homens também devem ter rotina de cuidados com a saúde

“É fundamental uma rotina de cuidados, desde a prática de exercícios e alimentação saudável até a realização de exames anuais, para checagem de glicose e colesterol. A partir dos 45 anos, os homens devem fazer anualmente o PSA [antígeno prostático específico] para identificar o câncer de próstata, e colonoscopia, para prevenção do câncer de intestino grosso”, alerta a médica Andressa Azeredo, responsável técnica do Instituto Kaplan em Canoas, referência em Oncologia, que gere o serviço no Hospital Nossa Senhora das Graças.

“Diagnosticado em estágio inicial, ainda bem localizado, o câncer de próstata é bastante tratável. Geralmente a cura vem com apenas cirurgia, em outros casos, podem ser usados radioterapia e bloqueadores hormonais”, salienta a oncologista. Ela lembra que, além do exame de toque retal, que pode ser indicado para o diagnóstico da doença, outro tabu que prejudica a saúde masculina é sobre a vacinação do HPV.

“É uma doença viral, transmitida sexualmente, que pode causar desde verrugas genitais até câncer de pênis e boca nos homens e de colo de útero e vagina nas mulheres. Existe vacina disponível para adolescentes entre 11 e 14 anos, mas a taxa de adesão é muito baixa”, lamenta. A vacina contra o HPV está disponível na rede púbica de saúde. Sua aplicação, tanto em meninos quanto meninas, não significa que eles tenham vida sexual ativa, mas que futuramente estarão protegidos contra o vírus, ajudando a prevenir diversos tipos de cânceres como estratégia de saúde coletiva.

Mutirões em Canoas

Para marcar o Novembro Azul em Canoas, o Hospital Nossa Senhora das Graças fará mutirões de cirurgias para atender à saúde dos homens. Sob a coordenação do urologista Luciano Zuffo, serão realizadas 41 cirurgias em dois sábados, nos dias 20 e 27. O objetivo é atender pacientes que tiveram consultas e procedimentos adiados em função da Covid-19.

A Prefeitura de Canoas também terá uma série de ações para marcar o período, entre elas, o Dia D, também em 20 de novembro. Todas as unidades básicas de saúde estarão oferecendo, das 8h às 17h, consultas médicas e odontológicas exclusivamente para o público masculino.

© 2016 - Nossa Senhora das Graças