A Associação Beneficente Canoas (ABC), mantenedora do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), e a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Canoas renovaram o contrato da parceria que garante o atendimento, tratamento e ações de combate ao câncer na comunidade de Canoas, por mais cinco anos. O documento foi assinado em 31 de maio, pelo presidente da ABC, Luis Antonio Possebon, e pela presidente da Liga, Ana Maria Loch Viezzer.

A Liga tem prédio construído no terreno do HNSG e abriga o Centro Oncológico Canoas, operado pelo Instituto Kaplan, e a sede da entidade. No local, além dos tratamentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a entidade presta apoio aos pacientes nas áreas da psicologia, da nutrição e da fisioterapia. Pacientes em situação de vulnerabilidade social, também recebem doação de cestas básicas, agasalhos, suplementos, calçados, lenços, toucas, kits de higiene e empréstimo de perucas, entre outras ações.

Dentro da parceria, a ABC fornece o valor mensal de R$ 10 mil, como contribuição para viabilizar os serviços e coloca os profissionais médicos do Graças à disposição, mediante prévia solicitação, para palestras e oficinas voltadas à prevenção do câncer. “O Hospital Nossa Senhora das Graças, engajado no mesmo propósito da Liga, é só gratidão e reconhecimento pela parceria e colaborações aos nossos pacientes”, afirma Possebon.

Esta parceria possibilita que pacientes como Greice Nichele, que foi diagnosticada com câncer de mama no ano passado, tenham acesso ao tratamento facilitado. Sem condições financeiras para arcar com os exames e o tratamento necessário, Greice foi orientada a procurar um posto de saúde para encaminhar o tratamento pelo SUS. “Foi aí que descobri a Liga, onde encontrei acolhimento e o apoio que eu precisava, mesmo antes do tratamento”, ressalta.

O tratamento incluiu sessões de quimio e radioterapia e cirurgia. Na Liga, além do apoio nutricional, a paciente recebeu atendimento psicológico, auxílio com cestas básicas e também auxílio-farmácia em alguns momentos. Após o procedimento cirúrgico, fez drenagem linfática, que ajudou muito na retomada do movimento dos braços. “Sou muito grata aos médicos, às meninas da recepção e principalmente às enfermeiras que têm um cuidado todo especial com a gente”. Os dois tumores detectados reduziram com as quimioterapias e não foi necessário fazer a retirada total das mamas. Agora Greice segue a vida, faz exames com regularidade e mantém a rotina de consultas.

CategorySem categoria

© 2016 - Nossa Senhora das Graças