Pacientes que venceram a Covid-19 e fazem fisioterapia para tratar as sequelas da doença no Hospital Nossa Senhora das Graças ganharam mais um suporte para amenizar o difícil processo de reinserção social após uma vivência tão traumática. Na última terça-feira (03), a psicóloga Renata Campos Dotto organizou o primeiro encontro do grupo de apoio que, mensalmente, reunirá pacientes para a troca de experiências no Ambulatório Pós-Covid.

Os interessados podem integrar uma roda de conversa e participar de dinâmicas que auxiliam no processo de construção de recursos emocionais para vencer a tristeza, a depressão, a ansiedade e sintomas do estresse pós-traumático.
Leia mais no site:

Maria Helena Ávila da Silva, 61 anos, foi uma das participantes da primeira reunião. Ela relatou que está encontrando dificuldades para se readaptar à mudança de rotina e para superar os sentimentos confusos referentes à internação.
A paciente lembrou quando passou mal. Contou que desceu do carro, que em seguida recebeu o oxigênio e desmaiou. Acordou quatro meses depois, cheia de aparelhos e se percebeu dependente de outras pessoas para fazer atividades básicas do dia a dia. “Depois do coma, me dei conta de que não era a mesma pessoa e isso me apavorou”, afirmou, referindo-se aos aspectos físicos e psicológicos.

A psicóloga Renata mencionou que a readaptação é um processo longo e que as dificuldades para se reencontrar no caminho da própria jornada são normais. “Os encontros são importantes para ressignificar as experiências vividas e impulsionar a retomada do rumo da própria vida. Falar da dor alivia”, destacou. Ela informa que serão realizados dois encontros mensais, um em cada turno, para oportunizar que todos os pacientes em tratamento possam se beneficiar.

CategorySem categoria

© 2016 - Nossa Senhora das Graças